Arquivos

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis




FATOS E CORRELATOS
 


Primavera em Goiânia

23 DE SETEMBRO DE 2010 inicio da primavera...

Quem nunca usou a expressão, "mais uma primavera heim", pois é, hoje chegou mais uma, porém, desta vez chegou sem um pequeno grande ingrediente; A chuva das flores.

Como costuma dizer o presidente da nação, nunca na história desta cidade vimos uma entrada de primavera sem chuva. Com esse pensamento liguei na redação do Jornal O Popular e todos jornalistas com os quais falei não se lembraram de um fato semelhante ocorrido por estas bandas.

Mas o mundo está mudado mesmo, mas mudado com força amigos. A final, com tantos veículos circulando o dia inteiro, todos os dias da semana, todas semanas do mês, todos meses do ano, todos os anos do século e fumaça de cigarro, e industrias despejando toda espécie de dejetos pôdres no meio ambiente e vamos que vamos.

Interessado por demais no assunto resolvi ligar no SIMEGO "sistema de meteorologia e hidrologia do Estado de Goiás", fui atendido pelo Senhor Valdeci, muito prestativo, ao qual eu fiz indagações no sentido da primeira vez e tudo mais, e ao ouvi-lo fiquei um bocado mais tranquilo.

Fui logo me referindo ao Ipê Amarelo que vive no Mutirama de Goiânia desde que eu me entendo por gente, e que este ano não teve aquela chuva para ficar ainda mais amarelo, foi quando me surpreendi com a explicação do Valdeci.

PALAVRAS DELE: Várias árvores se não todas, tem o poder de saber quando se inicia uma estação, ontem mesmo comentava isso com uma colega, uma sete copas já havia perdido todas as folhas e amanhã começa a primavera, e não é que as folhas foram trocadas mesmo sem chover uma gota sequer, e sem uma gota de chuva a mais de cem dias.

Pôxa vida, a natureza sabe das coisas, realmente a chuva ajuda em um todo, mas cada qual faz o seu papel, a árvore em questão trocou as folhas "que era sua missão", se ainda não choveu (((paciência))), literalmente falando, paciência mesmo, pois se uma árvore que já precisa lutar sozinha contra pragas naturais, contra a ação humana que poda seus galhos e amputa seus sonhos, que sozinha fornece sombra para os mesmos humanos que tentam mata-la; Se ela sozinha tem paciência para esperar a chuva, por que nós que muitas vezes nem a regamos com a única necessidade dela "água" não podemos esperar.

 



Escrito por Eduardo Gondim às 10h20
[] [envie esta mensagem
] []



 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]